Simetra

REFERÊNCIA EM EXAMES LABORATORIAIS VETERINÁRIOS Área do Cliente

SDMA - Quanto mais cedo você diagnosticar a doença renal, mais você pode fazer pelos pacientes

O exame laboratorial é uma ferramenta indispensável para prevenção, diagnóstico definitivo de algumas doenças e para o acompanhamento do processo ou dos resultados do tratamento. A dosagem do SDMA é extremamente precisa e uma grande aliada no diagnóstico precoce de doença renal crônica. Assim, é possível realizar intervenções clínica/terapêuticas que retardam seu progresso, ou que estabilizam a doença. Isso se dá pois o SDMA é uma molécula estável, de baixo peso molecular, originada de proteínas intracelulares que desempenham um papel fundamental no metabolismo celular básico, sendo produzidas no núcleo de todas as células. É excretado dos rins e tem uma forte correlação com a taxa de filtração glomerular em gatos e em cães. O SDMA também se torna vantajoso em relação à creatinina sérica, por possuir maior sensibilidade, uma vez que a creatinina só aumenta quando mais de 75% da função renal esteja comprometida, já o SDMA aumenta quando o comprometimento atinge 25%. Somado a isso, os índices séricos de SDMA sofrem menos variações por fatores extra renais, como massa corporal magra, idade ou outras doenças.